Espaço para partilha de resultados do trabalho em torno do livro Criaturas de Ñanderu, escrito pela autora indígena Graça Graúna e ilustrado por José Carlos Lollo

A história contada no livro é de uma linda índia. O pai dela, a pedido do grande espírito, colocou-lhe nome de um pássaro. Ela teria que sair da aldeia e ir para a cidade para conhecer outros costumes e culturas daquele local, mas cunha não poderia acreditar no que a cidade passava para ela. A cunhã, ao se transformar em pássaro, recebeu poderes especiais de Ñanderu.

No entanto, com a ida para a cidade, cunhã se apegou às tecnologias, às belas mentiras da cidade. Ela não poderia acreditar em ilusões da cidade e, caso se apegasse, não poderia voltar para aldeia. E assim aconteceu.

A história conta que, quando aparecem nuvens escuras no céu, é a linda índia chorando de saudades da aldeia. Quando cunhã está dormindo, ela sonha com a volta para a aldeia para ver o seu povo.

A partir da história, pudemos compreender que não devemos nos apegar às coisas materiais, porque não são importantes para viver feliz.

Aluno: João Pedro Silva de Silveira

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: