Espaço para partilha de resultados do trabalho em torno do livro Criaturas de Ñanderu, escrito pela autora indígena Graça Graúna e ilustrado por José Carlos Lollo

Essa historia é contada de geração em geração pelos povos indígenas.

O livro conta a história de uma linda índia. O pai dela, um dia, bebeu muito caxiri, uma bebida dos índios, ficou bêbado, e disse que ouviu o rei dos índios falando que deveria mudar o nome da linda cunhã.

Ela deveria receber o nome de um pássaro. Sem pensar, o pai mudou-lhe o nome. Com nome de pássaro, a linda cunhã recebeu poderes de Ñanderu. Ela foi ordenada ir para cidade grande aprender os costumes e crenças de outras culturas, para que pudesse trazer para seu povo. N entanto, ela não poderia acreditar nas mentiras do povo da cidade.

Se ela acreditasse, seria amaldiçoada com seu dom e não poderia voltar a sua tribo. Conta a historia que a cunhã acreditou nas belas mentiras da cidade grande. Assim, ela foi amaldiçoada e não pôde nunca mais voltar a sua aldeia. Para lá só podia voltar em pensamento.

Aluno: Fagner Oliveira de Moraes

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: